ENTRE EM CONTATO (69) 3216-3770

Ouvidoria do MPRJ participa de ação pelo Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa no Largo da Carioca.

24 Junho 2019
Ouvidoria do MPRJ participa de ação pelo Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa no Largo da Carioca.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (CAO Idoso Pdef/MPRJ) e da Ouvidoria Itinerante, esteve presente nesta terça-feira (18/06) no evento referente ao Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, realizado no Largo da Carioca. Instituída pela Organização das Nações Unidas e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, a data é comemorada no dia 15 de junho e tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a prevenção, defesa e combate à violência contra idosos.

No estande montado pelo MPRJ no local, os cidadãos aproveitaram para expor aos servidores problemas ligados à carência de atendimento médico, falta de conservação nos logradouros públicos e às dificuldades enfrentadas no serviço de transporte público, entre outros. Além do MPRJ, estiveram presentes equipes da Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, a Fundação Leão XIII e a Cruz Vermelha Internacional. Idosos participantes de projetos sociais da Subsecretaria Municipal de Políticas para o Idoso fizeram apresentações de música e de dança, enquanto a Fundação Leão XIII emitiu documentos públicos de maneira gratuita e os representantes da Cruz Vermelha aplicaram vacinas contra a gripe na população.

Coordenadora do CAO Idoso e Pessoa com Deficiência/MPRJ, a Promotora de Justiça Cristiane Branquinho ressaltou a importância de ações como essas visando a conscientização da família, sociedade e Poder Público quanto ao res´peito aos direitos da população idosa. “O evento dá visibilidade para um tema de extrema importância que é a questão da violência contra a pessoa idosa. As estatísticas demonstram que tem havido um crescimento destas ações, em especial os casos de negligência, violência psicológica e abuso financeiro. E a falta de políticas públicas de atendimento a esta parcela da população gera, muitas vezes, uma sobrecarga dos familiares em relação aos cuidados dos idosos, o que causa o aumento da violência”, explica.

Também presente ao evento, a Promotora de Justiça Gabriela Tabet, assessora da Ouvidoria do MPRJ, destacou a participação popular no Largo da Carioca. “A Ouvidoria acredita ser importante facilitar o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo MPRJ. Por isso, aproveitamos a oportunidade para oferecer nossos serviços, através da Ouvidoria Itinerante, trazendo a instituição para a rua e levando o acesso do cidadão para o espaço público”, afirmou.

Integrante de um grupo de dança apoiado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, a aposentada Terezinha Daniel garantiu que as aulas são fundamentais para o desenvolvimento social dos moradores da região. “A dança é boa para a cabeça, para a coordenação motora e para o relacionamento interpessoal. Nós temos um professor maravilhoso e já nos apresentamos em outros lugares, e temos um orgulho muito grande de fazer parte deste projeto”, declarou.

De janeiro a meados de junho deste ano, o CAO Idoso Pdef/MPRJ registrou 2.926 comunicações relacionadas a notícias de violência contra pessoas idosas, cerca de 500 a mais que no mesmo período de 2018, a maior parte por negligência, violência psicológica, seguida por abuso financeiro. As denúncias podem ser realizadas por meio da Ouvidoria do MPRJ, através do portal na internet ou pelo telefone 127.

Fonte: MPRJ

 








FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR