ENTRE EM CONTATO (69) 3216-3770

Ouvidoria MPMT Itinerante: Moradores do Osmar Cabral e região apresentam demandas à Ouvidoria

27 Setembro 2019
Ouvidoria MPMT Itinerante: Moradores do Osmar Cabral e região apresentam demandas à Ouvidoria

Moradores do bairro Osmar Cabral e região apresentaram as demandas da localidade ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), durante mais uma edição do Viva o Seu Bairro, no último sábado (21). Essa foi a 12ª participação da Ouvidoria Itinerante no projeto do Grupo Gazeta de Comunicação. Os atendimentos e orientações foram realizados das 16h às 19h, no campo de futebol do bairro, onde a comunidade pôde fazer reclamações, denúncias, elogios, sugestões, solicitações e conhecer a atuação do MPMT.

“Nossa missão é contribuir com essa ação social e colocar à disposição da sociedade um canal aberto de comunicação para a defesa dos direitos da infância e adolescência, meio ambiente, saúde, educação, patrimônio público e outras áreas. Estamos aqui para orientar a população e dar os encaminhamentos necessários, bem como salvaguardar os direitos dos cidadãos”, afirmou a servidora da Ouvidoria Celi Maria de Souza. 

O fotógrafo Rildo Amorim, morador do bairro Campo Velho e que estava de passagem pelo Osmar Cabral, aproveitou a oportunidade para fazer uma sugestão à Ouvidoria do MPMT. “A minha ideia é que seja acrescentada na grade curricular do ensino médio uma disciplina que ensine aos jovens seus direitos como cidadão. As pessoas precisam aprender para saber onde buscar ajuda, conhecer a diferença entre Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, por exemplo”, contou. Rildo fez o registro, foi orientado a como proceder e saiu satisfeito com o atendimento e o encaminhamento. 

O presidente da associação de moradores do Osmar Cabral, Clementino Gomes, conhecido como Gasolina, também visitou o estande da Ouvidoria e levou uma lista de reivindicações relacionadas à educação e infraestrutura (saneamento básico e pavimentação asfáltica). Grande parte do que ele relatou já era de conhecimento do Ministério Público, com procedimentos administrativos ou ações judiciais em trâmite. “A Escola de Educação Básica Municipal Ana Luiza Prado Bastos, por exemplo, alaga quando chove e está oferecendo riscos aos alunos”, mencionou, destacando a situação de precariedade das unidades escolares, além da falta de vagas e de problemas administrativos. 

Além do Osmar Cabral, foram beneficiados os bairros São João Del Rey, Jardim Fortaleza, Jardim Liberdade, Novo Milênio, Santa Laura, Vila Nova e Parque Mariana.

 

Fonte: MPMT












FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR