ENTRE EM CONTATO (98) 3219-1613

Setembro Amarelo – Cultive a Vida - Ouvidoria do MPRJ

24 Setembro 2018
Setembro Amarelo â Cultive a Vida - Ouvidoria do MPRJ

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) sediou na manhã da quarta-feira (19 de agosto de 2018), o evento “Setembro Amarelo – Cultive a Vida”, sob organização da Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) juntamente ao Instituto de Educação e Pesquisa (IEP/MPRJ).

A programação contou com a participação do jornalista, escritor e professor, André Trigueiro, com explanações sobre “Viver é a melhor opção”, tema, inclusive, de um dos seus livros, que retrata a necessidade de prevenção do suicídio no Brasil e no mundo; e da coordenadora Regional do Centro de Valorização da Vida (CVV) e do Grupo de Apoio aos Sobreviventes de Suicídio na CVV (GASS), Maria das Graças Araújo, abordando sobre a atuação do Centro como um programa de apoio às pessoas com necessidade de ajuda emocional e em situações de risco, com a missão de “Valorizar a Vida”, contribuir para que as pessoas tenham uma vida plena e, assim, prevenir o suicídio. 

Na ocasião, além do Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Dr. José Eduardo Ciotola Gussem, e do Diretor do Instituto de Educação e Pesquisa (IEP/MPRJ), Promotor de Justiça, Dr. Leandro Navega, a Presidente do Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público dos Estados e da União (CNOMP), Dra. Rita de Cassia Maia Baptista, e o Ouvidor do MPRJ, Dr. José Roberto Paredes, fizeram uso da palavra, debatendo sobre a importância das Ouvidorias dentro do contexto da prevenção ao suicídio, tornando-as assim, “Ouvidorias AMARELAS”, no momento em que acolhe o cidadão, realiza a escuta ativa e empática, compreende os sinais de alerta que precisam ser entendidos como comunicação e que não devem ser ignorados, e adota as providências necessárias para ajudar o citadino.

O CNOMP parabeniza a iniciativa do Ouvidor do MPRJ e do Diretor do IEP/MPRJ, bem como, todo o apoio oferecido pelo Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, que proporcionaram, sem dúvidas, um evento com excelente nível de exposições, com palestras que instigam reflexões, auxiliam na quebra de tabus e conscientizam a sociedade sobre o tema prevenção ao suicídio e a valorização da Vida.








FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR